Telefone (11) 4249-0224 Telefone (11) 4249-0221 celular whatsapp (11) 95466-3011 celular whatsapp (11) 96851-4822

Procedimento Para Internação Compulsória

Data: 10/07/2017 Categoria: Saúde / Voltar

Procedimento Para Internação Compulsória

Quando alguém vem a precisar de uma internação compulsória, onde a justiça é quem determina o processo todo, é porque com certeza a situação deve estar bastante complicada.

Geralmente esse procedimento é feito quando pessoas estão causando algum tipo de transtorno, como também, pode ser que a sua própria vida esteja em risco e também a de terceiros.

Uma pessoa que passa por procedimento de internação compulsória com certeza na maioria das vezes a família não consegue mais lidar com ele, ou já o abandonou.

Procedimento

Para saber como proceder com internamento compulsório é preciso que qualquer pessoa peça de forma judicial o internamento de determinada pessoa para que com isso o juiz peça uma avaliação completa do indivíduo.

Sendo assim, com os resultados dos exames e avaliações que são feitas por profissionais da área da saúde como médicos, psicólogos e psiquiatras, onde os mesmo deverão elaborar laudo para os exames e avaliações feitas.

A partir daí, o juiz dará o resultado final para o caso, inclusive poderá indicar alguma instituição para que o mesmo se trate.

Para isso é preciso que o indivíduo esteja apresentando alguns sintomas básicos como desnorteio, confusão mental, agressividade, risco a outras pessoas e a si mesmo e esteja em situação de abandono completo pelos seus familiares.

Esses procedimentos são tomadas muitas vezes por pessoas próximas, para que a pessoa
seja internada mesmo contra a sua vontade, é preciso lembrar que isso não pode ser feito apenas para se livrar do problema, mas sim, para ajudar uma pessoa.

Esse tipo de ajuda serve para alguém se trate de algum vício o qual não consegue se livrar, com isso, o mesmo sairá somente mediante resultados concretos de sua completa reabilitação.

Os procedimentos para a internação compulsória são os mesmos que estão previstos em Lei 10.216 de 2001, onde isso assegura qualquer procedimento feito para qualquer pessoa que sofre de algum vício ou transtorno mental.

Sendo assim, é muito importante que as pessoas se conscientizem sobre os problemas enfrentados, principalmente quando se trata de algum tipo de transtorno mental ou até mesmo um vício seja ele qual for.

Para isso é interessante prestar bastante atenção as pessoas que estão ao nosso redor, já que muitas vezes estamos com o problema dentro das nossas próprias casas e não percebemos.

Os procedimentos podem parecer muitas vezes um pouco fortes demais, já que se tratam de pessoas que não delegam mais nada na sua própria vida.