Telefone (11) 4249-0224 Telefone (11) 4249-0221 celular whatsapp (11) 95466-3011 celular whatsapp (11) 96851-4822

A Dependência Química e a Clinica de Recuperação

Data: 07/08/2017 Categoria: Saúde / Voltar

A Dependência Química e a Clinica de Recuperação

Neste artigo será explicado o que é a dependência química e como proceder com o tratamento nas clínicas de recuperação. Entre as substâncias mais utilizadas estão o álcool e o tabaco. Existem muitas variáveis, biológicas, ambientais, psicológicas e sociais que atuam em conjunto para induzir a tendência de uma pessoa vir a utilizar as drogas. Isso acontece devido à interação da droga (agente), o indivíduo e a sociedade (sujeito) e os contextos socioeconômicos e culturais (meio).

O que é a dependência química?

A dependência química inicia quando a utilização constante de drogas faz com que o corpo torne-se dependente dessas substâncias, e como consequência resulta em sintomas que afetam principalmente o sistema nervoso. Trata-se de um transtorno mental onde o usuário acaba perdendo o controle do uso das substâncias químicas, fazendo com que sua vida emocional, psíquica, física e espiritual fiquem totalmente desequilibradas.

Por ser considerada uma doença crônica, a dependência química afeta principalmente a área psicológica do usuário. Quando o indivíduo deixa de consumir as drogas, o corpo responde com uma “sensação de ressaca”. Essa sensação é chamada de abstinência, e é o principal motivo que impedem que esses usuários abandonem o vício. A abstinência é o sinal mais explicito em um dependente químico, já que este deseja acima de tudo, buscar o prazer que a droga proporciona e evitar as sensações desagradáveis que podem vir com a abstinência.

Essas envolvem: irritação, confusão mental, insônia, desejo muito forte de consumir a droga, afastamento social, alucinações, descuido com a aparência, e etc.

Clinicas de Recuperação

Quando o usuário não consegue abandonar o vício sozinho, ele pode buscar ajuda nas clinicas de recuperação. Essas clínicas são um local especializado em tratamentos de dependentes químicos, assim como outras doenças. Em tempo integral, especialistas como psiquiatras, psicólogos, terapeutas, médicos e enfermeiros, atuam para proporcionar o melhor tratamento para essas pessoas, ajudando-as a passarem pelo processo de recuperação.

Localizadas em locais restritos para manter a discrição dos pacientes, assim como garantir a tranquilidade e a paz durante a estadia no local. Os tratamentos variam em cada paciente, e são divididos em interno, externo ou internação parcial. Não são todos os casos que precisam de internação, mas necessitam que o paciente participe de grupos de apoio como A.A. (Alcoólicos anônimos) e N.A. (Narcóticos Anônimos).

Em casos mais leves, o paciente permanece na clínica apenas no período diurno, e volta para a casa no período noturno.