Telefone (11) 4249-0224 Telefone (11) 4249-0221 celular whatsapp (11) 95466-3011 celular whatsapp (11) 96851-4822

Tipos de Internação Voluntária, Involuntária e Compulsória

Data: 24/05/2017 Categoria: Saúde / Voltar

Tipos de Internação Voluntária, Involuntária e Compulsória

Esses três tipos de internação têm suas particularidades e diferenças, onde cada uma abrange uma característica de pacientes específicas para cada caso, mais uma coisa que pode ter em comum entre elas é que são todas feitas baseadas e protegidas pela Lei 10.216/2001. Que preserva o direito da justiça de tomar a decisão de um internamento para pessoas que sofrem de algum transtorno mental.

Internação Voluntária

É o tipo de internação a qual é feita através do pedido do próprio paciente, onde não se precisa fazer nenhuma atitude especial anão ser procurar um local adequado o qual possa dá a tranqüilidade e fazer com o paciente tenha a melhor recuperação possível. Trazendo para o mesmo sua qualidade de vida que é necessária para que ele conviva entre outras pessoas.

É uma internação a qual não traz tanto transtorno para as pessoas que optam por ela, já que quando fazem isso mostram que ainda dominam pelo menos parcialmente suas funções diárias.

Internação Involuntária

A internação involuntária é o tipo em que é necessário que se entre com um pedido através da justiça ou do ministério público, onde consta que o paciente não faz uso de suas faculdades mentais, isso devido a problemas mentais e psicológicos. O juiz é o responsável direto para tomar esta decisão de internação.

Para isso foi elaborada uma Lei específica para quem sofre de algum tipo de problema mental. Tudo deve ser baseado por laudos médicos que contestam sua sanidade mental.

Internação Compulsória

A internação compulsória é mais diretamente a pessoas que sofrem com a dependência química, onde devido o uso ser muito grande não conseguem mais distinguir o certo do errado e acabam com isso podo em risco pessoas que não tem nada a ver com seus problemas.

Este tipo de internação também passa diretamente por uma decisão de um juiz onde o mesmo também orienta e indica alguma instituição para a melhor recuperação possível do mesmo.

Essa é apenas uma simples comparação entre esses três tipos de internação, já que podem ser parecidas, mas, precisam ser diferenciadas com suas particularidades, muitas pessoas não sabem nem para serve cada uma deles e acabam por confundir uma com a outra.

Informação nunca é demais, então não fique sem entender como cada uma é feita, passe a informação a diante, ajude pessoas que realmente necessitam entender cada uma.