Tratamento Medicamentoso de Dependentes Químicos


Tratamento Medicamentoso de Dependentes Químicos

O tratamento medicamentoso de dependentes químicos tende a variar na clínica de recuperação, afinal sabemos que cada pessoa é atendida conforme o grau de dependência química. Cada caso é avaliado conforme a necessidade de tratamento, essa avaliação tende a analisar a abstinência e a quantidade de entorpecentes que eram utilizados anteriormente.

A dependência química tem feito diversas vitimas de diversas partes da sociedade. Muitas pessoas consideradas sensatas e com família acabam por sucumbir ao uso de vários tipos de drogas. A dependência química é considerada pela OMS doença desde 2001, dessa maneira a pessoa que está dependente de elementos químicos está doente e precisa ser tratada.

 

Entendendo a dependência química

É importante entender que a dependência química é algo extremamente grave, e traz diversos problemas, tanto para a família quanto para o usuário. Mas muitas vezes as perguntas mais frequentes dos familiares são: por que a pessoa entrou para a dependência química? Como a pessoa caiu nessa armadilha? São perguntas que não calam.

É importante saber que a dependência química está cadastrada como o CID-10 da Organização Mundial da Saúde (OMS). A dependência química é um conjunto de fenômenos que são comportamentais, fisiológicos e também cognitivos que são desenvolvidos após o uso de substâncias químicas durante um determinado período de tempo.

É importante saber que a dependência química é crônica, e pode se desenvolver por diversos fatores na vida do indivíduo que faz uso de drogas. Fatores genéticos também são avaliados visto que pode ter grande importância para facilitar a dependência química. Além da genética são avaliados o ambiente em que a pessoa convive, fatores ambientais, entre outros.

 

Quais são os tipos de tratamento medicamentoso de dependentes químicos?

Ainda são muito avaliados no centro e clínica de recuperação a questão do uso de medicamentos para combater a dependência química. O que se sabe ao certo é que a dopamina é uma das responsáveis pela vontade do dependente em retornar a usar a substância química, e com a modernização dos equipamentos de imagens cerebrais novas descobertas tem sido feitas.

Geralmente o ideal é que os tratamentos durem no mínimo 90 dias, afinal antes disso é bem difícil uma pessoa se libertar da dependência química. Atualmente alguns medicamentos são utilizados nos tratamentos contra a dependência química. A maconha por exemplo um medicamento que parece ajudar se chama rimonabanto tem eficácia contra esse vício.

Já a cocaína que é uma droga um pouco mais complexa, ainda não possui um medicamento que realmente corta esse efeito, porém nos tratamentos são utilizados remédios que são anticonvulsivante tipo o topiramato e até mesmo o pergolide. A heroína que é uma das mais pesadas e mais antigas, pode ser cortada com metadona, porém sabemos que esse medicamento também é capaz de levar a dependência química.

Agora a droga que está sendo a destruidora mais forte de todas: o crack, que geralmente consegue fazer uma pessoa viciar na primeira ou segunda dose. Os remédios que são capazes de amenizar os sintomas dessa droga são bem comuns: risperidona, modafinil e novamente o topiramato.

 

Como funciona a internação na clínica de recuperação?

Geralmente a intervenção ocorre através da internação involuntária, pois dificilmente o dependente químico vai reconhecer que está doente, pelo contrário geralmente acreditam que podem parar de usar as drogas no momento que desejarem que isso ocorra. Porém não funciona assim e a família entende que não é fácil dessa maneira.

A internação involuntária é solicitada para que a equipe médica consiga efetuar o tratamento para dependência química e alcoolismo, dessa maneira o usuário é avaliado completamente pela equipe médica e então são prescritos os tratamentos para o mesmo. Mesmo solicitando a internação o ideal é que a família saiba exatamente o que está ocorrendo.

Na clínica de recuperação, além dos tratamentos medicamentos que existem a equipe é composta por psicólogas (os) e terapeutas que ajudam o paciente a passar por essa fase de uma maneira menos complicada.

Conclusão

A Clinica de Recuperação Casoto - Tratamento de Drogados e Alcóolatras tem realizado esses tratamentos a 16 anos, recuperando vidas da dependência química e do alcoolismo, e ajudando na reestruturação familiar. Entre em contato conosco e conheça nossos tratamentos disponíveis e nossa metodologia de recuperação.

Entramos em contato

Aceitamos diversos planos de saúde consulte
Planos de saúde